brain-poster

domingo, setembro 10, 2006

11 de Setembro - Torres Gémeas nos cartazes

Fazem cinco anos após o ataque ao World Trade Center em Nova Iorque. Nos tempos que se seguiram, o cinema foi muito cuidadoso com o assunto "terrorismo" e foi mesmo sujeito a filmar novas cenas para os seus filmes, adiar ou cancelar projectos que envolviam as duas torres, mudar títulos (lembram-se do segundo capítulo dos Senhores dos Anéis?) e mesmo reconfigurar os posters que estariam para aparecer nesse outono.

O mais flagrante foi o "Sidewalks of New York" com Edward Burns O poster foi mudado de forma a que a silhueta de Manhattan passasse a existir sem as Twin Towers. A edição video/DVD apareceu com o novo layout.

Mas antes de 2001, muitos outros posters incluíram as torres para informar directamente que o local é a Big Apple, ou mesmo porque o WTC era um dos símbolos maiores de NY e dos States. Um símbolo poderoso reconhecido em todo o mundo. A primeira aparição significante dos arranha-céus foi no remake de King Kong em 1976.(FOTO king Kong)

Outros exemplos se seguiram, uns de maior e outros menor significância:

Já agora, a título de curiosidade, o poster de Sozinho em Casa 2 - Perdido em NY não tem qualquer referência às torres!

Após cinco anos de receio em pegar novamente neste tema, parece que o WTC está novamente nas ordens do dia: O novo filme de Oliver Stone está a estrear em todo o mundo. A cidade de New York já foi destruída por meteoritos, lagartos gigantes e terroristas fictícios, mas tudo isso não passava de efeitos visuais, actores e duplos. Os espectadores podiam virar costas e esquecer porque era apenas um filme. Mas quando a realidade se torna mais incrível que a ficção, então o passo a dar é o da prudência. E esse foi já dado nos últimos cinco anos.

2 Comments:

At 29/9/06 10:41 da manhã, Blogger H. said...

é caso para dizer: ora que bela ideia que tu tiveste!

 
At 27/10/06 10:58 da tarde, Anonymous Rafa/KritiCinema said...

foi mesmo uma bela ideia.


ja agora, sei que nao tem nada a ver com o tema do post mas... é interessante verificar como os posters, a arte de fazer posters e todo o trabalho à volta disso, evolui-o ao longo dos anos...

 

Enviar um comentário

<< Home